sábado, 30 de janeiro de 2016


Moradora reclama de infestação de caramujos africanos em Sabará
Vídeo foi feito pela telespectadora Rafaela Romeu, na Grande BH. Veja outras denúncias enviadas ao VC no MGTV desta quarta-feira (27).
27/01/2016 12h53 - Atualizado em 27/01/2016 12h53
Do G1 MG
Infestação de moluscos, terreno abandonado e escadas interditadas em um terminal de metrô são os destaques do VC no MGTV desta quarta-feira (27). Em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a Rua dos Gaviões está cheia de caramujos africanos. A Rafaela Romeu fez o registro e enviou ao VC no MGTV.
(Você pode participar do VC no MGTV. Mande vídeos sobre problemas no seu bairro e flagrantes na cidade. Acesse o link e veja como participar. Registros também podem ser enviados via Viber e WhatsApp da TV Globo Minas. O número é (31) 99955-9000. Saiba como enviar seu vídeo aqui).
“Já fui na prefeitura pedir para eles limparem aqui e até hoje nada. Só é capinado quando a gente mesmo capina. Os meninos aqui em casa já adoeceram com dengue por causa desse tanto de lixo que os moradores jogam aqui”, disse Rafaela.
A Prefeitura de Sabará disse que estão agendadas, para esta semana, a limpeza, a retirada de entulhos e a capina da rua. Sobre os caramujos, agentes de saúde farão uma vistoria e a retirada dos moluscos ainda nesta quarta-feira.
Na estação Eldorado do metrô, em Contagem, também na Grande BH, o Andrenilson de Souza reclama da situação do terminal. “Desde o dia 4 de janeiro está sem funcionamento esta escada rolante”, contou o telespectador.
A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que dois conjuntos de escadas foram interditados por questões de segurança depois que a engrenagem que faz a rolagem dos degraus estragou. Segundo a CBTU, a peça já está sendo providenciada, mas a companhia não passou uma previsão para que a escada rolante volte a funcionar.
A telespectadora Cristiane Gomes está preocupada com um terreno ao lado da casa dela, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. “Muito entulho, terra, é porque a Urbel [Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte] esteve aqui mais ou menos três anos atrás, indenizou as casas aqui para fazer ‘Minha casa, minha vida’, apartamento para o pessoal aí, e deixou isso aí, essa situação”, disse a moradora.
A Prefeitura de Belo Horizonte informou que no terreno será construída uma via para pedestres e não casas, como foi dito pela Cristiane no vídeo. Segundo a administração municipal, as obras foram retomadas no início deste ano. A equipe de Zoonoses monitora o local e aplica larvicida contra o Aedes aegypti. O entulho da demolição vai ser reaproveitado na obra, segundo a prefeitura, e o cercamento da área será feito nos próximos dias.
 
Cresce o número de desalojados pelas chuvas em Teófilo Otoni, MG
Defesa Civil informou que 620 pessoas estão desalojadas na cidade. Foram registrados 30 deslizamentos de barrancos nas últimas 24 horas.
23/01/2016 14h07 - Atualizado em 23/01/2016 14h07
Do G1 Vales de Minas Gerais
Deslizamentos de barrancos tem gerado o maior número de ocorrências para a Defesa Civil de Teófilo Otoni (MG). (Foto: Ana Carolina Magalhães/Inter TV dos Vales)Deslizamentos tem gerado o maior número de ocorrências para a Defesa Civil de Teófilo Otoni (MG)
(Foto: Ana Carolina Magalhães/Inter TV dos Vales)
O número de pessoas desalojadas em Teófilo Otoni (MG) cresceu para 620 até a manhã deste sábado (23). A informação é da Defesa Civil da cidade, que contabilizava 600 desalojados até a sexta-feira (22). Ainda segundo o órgão, nas últimas 24 horas foram registrados 30 novos deslizamentos de barrancos e cinco desabamentos de casas. Apesar dos números, não há registro de feridos.
Segundo o coordenador da Defesa Civil, sargento Hernani Batista, a prefeitura da cidade montou na sexta-feira uma força-tarefa, composta pelo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual, Samu, Defesa Civil, Copasa e Cemig, para atuar no município, podendo recorrer ao Governo Federal, caso necessário. O sargento Henani ainda informou que já foram registradas cerca de 400 ocorrências relacionadas às chuvas em Teófilo Otoni.
Barranco desaba e leva parte de uma casa em Teófilo Otoni (MG). (Foto: Ana Carolina Magalhães/Inter TV dos Vales)Barranco desaba e leva parte de uma casa em
Teófilo Otoni (MG).
(Foto: Ana Carolina Magalhães/Inter TV dos Vales)
A Defesa Civil informou ao G1 que os desalojados encontram-se em casas de parentes e aguardam a avaliação do órgão nas residências deles. Algumas ruas da cidade seguem interditadas, por terem sido atingidas por deslizamentos. Cerca de 60 voluntários da Defesa Civil atuam na cidade para levar orientações aos moradores sobre como proceder durante o período chuvoso. Segundo o sargento Hernani Batista, desde a terça-feira (19), já choveu o equivalente a 240 milímetros na cidade, e a previsão é de mais chuva até a segunda-feira (25).
O sargento ainda disse que o Rio Todos os Santos, que abastece a cidade, está em seu leito normal e não há riscos de novos alagamentos no município durante o dia. Hernani não informou se ainda há casas alagadas na cidade, mas até a sexta-feira eram 60 residências inundadas. Os bairros mais atingidos são o Novo Horizonte, Matinha, Minas Novas, Alto Bela Vista, Felicidade, São Cristóvão e Eucalipto, além dos distritos de Brejão e Maravilha. O telefone 199 continua sem funcionar na cidade por problemas de rede, os moradores devem fazer contato com os Bombeiros pelo 193 ou com a PM, pelo número 190.
Situação dos distritos
A Defesa Civil informou na sexta-feira que os distritos de Brejão e Maravilha haviam sido atingidos pelas chuvas, e que os técnicos não conseguiram chegar até eles devido as péssimas condições das estradas de acesso. Na manhã deste sábado, o coordenador da Defesa Civil disse que não houve registro de ocorrências nos locais, e que máquinas da prefeitura trabalhavam para liberar as estradas de acesso a eles até a tarde desse sábado.



Dois menores são detidos por tráfico de drogas em Teófilo Otoni, MG
PM apreendeu crack, cocaína, maconha e anotações contábeis do tráfico. Eles foram localizados durante patrulhamento no Bairro Teófilo Rocha.
28/01/2016 15h06 - Atualizado em 28/01/2016 15h06
Do G1 Vales de Minas Gerais
Dois adolescentes, de 14 e 15 anos, foram detidos nesta quarta-feira (27) em Teófilo Otoni, suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas. A PM localizou os menores durante patrulhamento no Bairro Teófilo Rocha. Com eles, os policiais encontraram quatro buchas de maconha, R$ 104, nove pedras de crack e oito pinos de cocaína.

A polícia fez buscas na casa dos dois adolescentes. Na residência do suspeito, de 15 anos, foram apreendidos cocaína, embalagens de drogas, R$ 400, um cartucho, e anotações de contabilidade do tráfico. O material estava no quarto do tio do rapaz que não foi detido. Ele já tem passagens por furto e tráfico de drogas.

No quintal da casa, a PM encontrou cocaína e dentro de um fogão foram localizados onze cartuchos. Na casa do outro menor, nada foi encontrado. Os adolescentes foram encaminhados à delegacia, juntamente com o material apreendido.


Menores são detidos com notas falsas de R$ 100 em Teófilo Otoni
Dupla fez compras baratas em três lojas e pagaram com o dinheiro falso. Militares encontraram outras sete cédulas falsas com os adolescentes.
28/01/2016 15h56 - Atualizado em 28/01/2016 15h56
Do G1 Vales de Minas Gerais
Dois adolescentes foram detidos na manhã desta quinta-feira (28), no Centro de Teófilo Otoni, após fazerem compras com nota falsa em um comércio da cidade. Segundo a Polícia Militar, os dois entraram em uma loja e compraram um caderno e uma caneta no valor de R$ 13, pagando com uma nota de R$ 100.
Desconfiado, o dono do comércio conferiu a autenticidade da nota, constatando ser falsa. Os dois rapazes tentaram fugir, mas foram abordados por militares que passavam pelo local. Com a dupla foram apreendidos os objetos adquiridos na loja, o troco recebido, além de outras sete notas falsas no valor de R$ 100.
Os adolescentes informaram aos policiais que são de Araçuaí e que receberam as notas falsas de um homem conhecido como “Pezinho”, natural do Maranhão. Os dois confessaram que distribuíram outras duas notas falsas no comércio da cidade, mas não informaram onde aplicaram o golpe.
Os dois foram apreendidos e levados para a delegacia, onde foram acompanhados pelo Conselho Tutelar.