domingo, 13 de maio de 2018

Morre nona vítima de acidente entre caminhonete, carreta e ônibus na BR-116

00:15 | 07 de maio
Foi sepultada  neste sábado (5) na cidade de Medina, no Vale do Jequitinhonha, a nona vítima do grave acidente envolvendo um ônibus, uma carreta e uma caminhonete na BR-116, próximo a Governador  Valadares, na madrugada do último dia 23 de abril.
Áurea Pereira Silva Barbosa, de 54 anos, estava internado no Hospital Municipal de Governador Valadares e faleceu sexta-feira (4). O acidente deixou nove mortos e 11 feridos. Seis passageiros do ônibus morreram no local; a sétima vítima, que era motorista da caminhonete, morreu no hospital .
Duas vítimas do acidente ainda permanecem internadas no hospital de Valadares .
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a caminhonete que seguia sentido Valadares, invadiu a contramão e bateu de frente com a carreta, que seguia em direção a Teófilo Otoni e estava carregada de tubos metálicos.
Com o impacto, o motorista da carreta perdeu o controle da direção e bateu no ônibus que estava atrás da caminhonete.
A carreta transportava tubos metálicos que se soltaram e atingiram o ônibus.

Polícia Militar prende em flagrante pastor acusado de pedofilia em Teófilo Otoni


01:51 | 08 de maio
A Polícia Militar de Teófilo Otoni prendeu nesta segunda-feira(07) um pastor acusado de pedofilia.O homem foi detido na Praça da Cemig, no Centro da cidade, após marcar um encontro amoroso com um menino de apenas 12 anos de idade.A polícia foi acionada pela mãe da vítima que sabia do encontro e armou o flagrante.
O adolescente contou a polícia que conheceu o acusado há cerca de dois anos quando frequentava a igreja evangélica "Assembléia de Deus Lagoinha", localizada no bairro Vila Betel.
Desde essa época o pastor passou a molestá-lo na cantina da igreja . Em uma dessa ocasiões o autor o induziu a tocar seu órgão genital, mas o adolescente fugiu.
O menino relatou ainda que há duas semanas o homem passou a conversar com ele, através de redes sociais. A polícia teve acesso as mensagens gravadas apresentadas pela mãe do garoto. Nelas constam conversas de cunho erótico, com gracejos e solicitações de fotos.
O encontro foi marcado após inúmeros convites feito ao menor para que ambos saíssem para um encontro amoroso. O local foi a Praça da Cemig, por volta das 19 h, momento em que a mãe da vítima acionou a PM .
O pastor foi  preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.
Toda a ação foi filmada pelo circuito de monitoramento das câmera  do "Olho Vivo" da PM .
(Fonte: Cabo Nathan/Foto:Ilustração)

Resultado de imagem para diga nao a pedofilia



OBs:Uma duvida me chamou atenção...
O tal pastor foi gravado praticando o ato descrito como pedofilia.....!
Qual as provas alem da gravação (Olho vivo) do suposto encontro....!

Que pelo que vejo o sujeito já foi exposto na mídia como pedófilo...
sera que houve uma investigação mais detalhada do fato.....!
como dizem o sujeito já esta sento taxado como pedófilo...então já foi julgado pela Midia e opinião Publica...

Ou sera que existem outras provas..que a policia mantem sob segredo....!

Sera que alguém parou para pensar que o suposto pedófilo tem uma família....

Eu não o conheço e nem sou advogado dele...mas as denuncias são serias...

PMs de T.Otoni participam de curso para combater crimes de explosão de caixas eletrônicos

A Polícia Militar de Minas Gerais(PMMG) realizou, nesta segunda (07) e terça-feira(08) , em Teófilo Otoni, um curso sobre procedimentos operacionais em caso de enfrentamento as ocorrências de explosões em caixas eletrônicos de agências bancárias na região.A capacitação valeu-se da utilização de técnicas e táticas que visam enfraquecer, reprimir e combater a ação dos marginais.
O curso foi ministrado por militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais(BOPE), sob administração acadêmica do Comando de Policiamento Especializado (CPE) de Belo Horizonte aos agentes da Décima Quinta região de Polícia Militar (15ª RPM).
O curso foi ministrado por militares do BOPE
O curso foi ministrado por militares do BOPE
Encerramento  do curso no auditório do  19º BPM (Fotos: Divulgação PM
A solenidade de encerramento aconteceu no auditório do  19° Batalhão de Polícia Militar(19º BPM), nesta terça-feira, com a entrega de certificado feita pelo Comandante da 15ª Região da Polícia Militar, Coronel Sérvio Túlio Mariano Salazar, para todos os militares que participaram do treinamento, e também, aos instrutores do BOPE.
Encerramento  do curso no auditório do  19º BPM (Fotos: Divulgação PM) 
  (Com informações da ASCOM 15ª RPM)

A sociedade  espera que esse curso ai traga alguma coisa de beneficio para o cidadão que paga seus impostos e quer uma policia de qualidade...
para que fatos relacionados como postado abaixo não mais aconteçam...

e depois caiam no esquecimento...


OU..


Dois homens morrem após carro cair de ponte na zona rural de Teófilo Otoni

Veículo caiu dentro de rio com rodas para cima; uma das vítimas conseguiu sobreviver ao sair do carro e aguardar socorro.

Após carro cair de ponte em Teófilo Otoni, duas vítimas morreram afogadas e terceira conseguiu sair do veículo e aguardar socorro (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Após carro cair de ponte em Teófilo Otoni, duas vítimas morreram afogadas e terceira conseguiu sair do veículo e aguardar socorro (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Dois homens, de 46 e 51 anos, morreram após um carro cair de uma ponte dentro de um córrego no povoado de Potonzinho, na zona rural de Teófilo Otoni. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas voltavam de uma festa e o condutor perdeu o controle do veículo ao passar pela ponte. Outro ocupante do carro, de 45 anos, conseguiu sair do veículo e pedir socorro. O homem sofreu ferimentos e foi socorrido,

Ainda de acordo com os bombeiros, o veículo caiu com as rodas para cima e dois dos ocupantes desmaiaram e morreram afogados com a água que entrou no carro. Aderbaldo Ferreira Santos, de 51 anos, e Marcelo Gomes da Silva, de 46 anos, já não apresentavam sinais de vida quando equipe dos bombeiros chegou ao local.

O irmão de Marcelo, um homem de 45 anos, já estava fora do carro aguardando socorro quando os bombeiros chegaram. Ele foi socorrido e encaminhado para a UPA.

A perícia da Polícia Civil foi acionada e esteve no local. Após os trabalhos, o carro foi retirado do córrego e os corpos foram encaminhados para o IML de Teófilo Otoni.



quinta-feira, 3 de maio de 2018

R$ 50 mil por mês era a mesada de Aécio, disse Joesley em delação


Durante dois anos, o senador Aécio Neves (PSDB) teria recebido uma mesada de R$ 50 mil por mês de Joesley Batista, sócio do frigorífico JBS. A afirmação é do próprio empresário e consta de um anexo entregue em agosto de 2017 à Procuradoria-Geral da República (PGR), como parte de sua delação.
O relato foi obtido pela “Folha de S.Paulo” e publicado nesta sexta (20) pelo jornal paulista. Segundo Joesley, Aécio teria solicitado os pagamentos num encontro no Rio de Janeiro, para o “custeio mensal de suas despesas”.
O empresário, diz a “Folha”, entregou à PGR 16 notas fiscais emitidas entre 2015 e 2017 pela Rádio Arco Íris, afiliada da Jovem Pan em Belo Horizonte, relativas a “serviço de publicidade”, de “patrocínio do Jornal da Manhã”, um programa da emissora. Na soma dessas notas, a JBS pagou R$ 864 mil à rádio, que pertence à família de Aécio – em setembro de 2016, o senador vendeu sua participação a Andrea Neves, sua irmã.
Joesley Batista não soube dizer se a rádio de fato veiculou publicidade para a JBS, como informam as notas, mas reforçou que o objetivo era repassar R$ 50 mil mensais a fim de manter bom relacionamento com o senador.
Em denúncia aceita pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a PGR afirma, com base em relações dos sócios da JBS, que o frigorífico repassou R$ 60 milhões a empresas indicadas por Aécio Neves, além de ter pago políticos para participarem da coligação do tucano, que naquele ano disputou a eleição para a Presidência da República, sendo derrotado pela petista Dilma Rousseff.
Com base na denúncia da PGR, que também menciona suposta propina de R$ 2 milhões paga por Joesley para Aécio, o senador virou réu nesta semana, suspeito de corrupção passiva e obstrução à Justiça. Ele responde ainda a outros oito inquéritos no STF.

Outro lado

O advogado de Aécio Neves, Alberto Toron, disse à “Folha de S.Paulo” que Joesley se aproveita de uma “relação comercial lícita” para “forjar mais uma falsa acusação”. Toron confirmou a relação entre a JBS e o senador, mas negou ter havido pedido para custeio de despesas pessoais do tucano.
Ainda segundo a “Folha”, Toron apontou que “a falta de credibilidade e as sucessivas mentiras e omissões praticadas pelo delator levaram a PGR a pedir a rescisão dos benefícios de sua delação e contribuem para desqualificar mais uma mentira desse cidadão”.
A Rádio Arco Íris disse que a relação com a JBS era “estritamente comercial, comprovadamente correta, legal e legítima na prestação de serviços publicitários”. E afirmou que tal relação está documentada em trocas de e-mails com setores de marketing de marcas como Vigor, Itambé e Seara, que pertencem à JBS. Também encaminhou à “Folha” cinco comerciais veiculados em sua programação.

O que já se sabe sobre o desabamento do prédio em São Paulo?


 


Mais de 12 horas após a queda, há mais perguntas do que respostas sobre a tragédia. O UOL reuniu o que já se sabe sobre o desmoronamento do prédio, que pertencia ao governo federal, estava cedido à Prefeitura e era ocupado de forma irregular por centenas de pessoas.

O que causou o incêndio?

A causa do incêndio ainda não foi divulgada pelas autoridades. Um dos sobreviventes, o ajudante-geral Gabriel Archângelo, 24, que morava no sexto andar do prédio, contou ao UOL que ouviu um estrondo no começo da madrugada vindo do andar de baixo --onde um casal com histórico de desavenças discutia. A versão, porém, é contestada por outros moradores. O barulho de explosão, entretanto, foi confirmado por outros sobreviventes.

O que causou o desabamento?

O prédio desmoronou por volta das 2h20, após cerca duma hora sendo consumido pelo fogo. De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Guilherme Derrite, a temperatura nesses casos atinge 600ºC, 700ºC no local onde está o fogo, em um local confinadoA alta temperatura danifica seriamente a estrutura do imóvel porque "prejudica o concreto" e provoca rachaduras.
Leia também:

Quantas mortes?

Nenhuma morte foi confirmada pelas autoridades até o momento.

Quantos desaparecidos?

Segundo o Corpo de Bombeiros, há uma vítima desaparecida. Trata-se de um homem que estava sendo resgatado no momento que o prédio desabou. Com o desmoronamento, a corda do resgate se rompeu e ele caiu. Os bombeiros ainda o procuram com vida.
Segundo a corporação, outras 45 pessoas registradas no cadastro de moradores do prédio ainda não foram encontradas pela Prefeitura, mas não se sabe se elas estavam no local. Moradores relatam, entretanto, que ao menos três pessoas desapareceram durante o incêndio, sendo duas crianças gêmeas.

Quanto tempo vai durar o resgate?

Nas primeiras 48 horas, os bombeiros farão um trabalho manual, de rescaldo na área dos escombros, ainda em busca de vítimas. Após esse período, começarão a ser utilizados retroescavadeiras, para retirar os entulhos, e cães farejadores, à procura de sobreviventes. Os bombeiros estimam que o trabalho total de rescaldo dure ao menos uma semana, inclusive com trabalho noturno.

Quantas famílias moravam no local?

Em março deste ano, a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social cadastrou cerca de 150 famílias morando no local, com aproximadamente 400 pessoas. Nesta terça-feira, o número informado foi de 118 famílias e 317 pessoas, 46 delas estrangeiras. Não é possível estimar ainda quantas pessoas estavam dentro do edifício no momento do incêndio.

Para onde vão as famílias?

A Prefeitura de São Paulo informou no fim da manhã desta terça que encaminhará ao menos 248 pessoas, de 92 famílias que estavam no prédio, para abrigos municipais. Os moradores, no entanto, relutam em ir para aos locais, em geral destinados a pessoas em situação de de rua.
O prefeito Bruno Covas (PSDB) disse que a orientação é que as famílias sejam mantidas juntas nos mesmos espaços de acolhimento. Além disso, Covas informou que será oferecido aluguel social para as famílias com recursos do governo estadual, como afirmou o governador do Estado, Márcio França (PSB).
Ele informou que as famílias receberão R$ 1.200 no primeiro mês e R$ 400 a partir do segundo, durante doze meses. "O atendimento habitacional definitivo será definido futuramente com a administração municipal", diz o governo do Estado.

O que funcionava no prédio antes da ocupação?

Inaugurado em 1966, o Edifício Wilton Paes de Almeida foi sede da antiga Companhia Brasileira de Vidro e abrigou o INSS e a Polícia Federal em São Paulo. Na época de sua construção, o prédio foi considerado um símbolo de modernidade.
De acordo com o Ministério do Planejamento, o imóvel foi cedido provisoriamente pela Secretaria do Patrimônio da União à prefeitura do município de São Paulo, no ano passado, com a previsão de que seria utilizado para acomodar as novas instalações da Secretaria de Educação e Cultura de São Paulo.

Existem outros prédios nessa condição em São Paulo?

De acordo com a Secretaria Municipal de Habitação, 206 imóveis na cidade estão ocupados com sem-teto, somando 46 mil famílias. Somente no centro da capital paulista, ao menos 70 prédios estão ocupados por cerca de 4.000 famílias, segundo estimativa da prefeitura.

Prédio desaba após incêndio no centro de SP62 fotos

58 / 62
3.mai.2018 - Desabrigados após a queda do edifício Wilton Paes de Almeida continuam aglomerados no Largo do Paissandu, no centro de São Paulo, mais de dois dias após a tragédia. O grupo que organiza o acampamento dos sem-teto estima que 200 pessoas dormiram no localVEJA MAIS >Imagem: Emerson Santos/Fotoarena/Estadão Conteúdo



Veja também

Queda de avião militar dos EUA na Geórgia matou 9 pessoas a bordo, dizem autoridades

Ainda não se sabe a causa da queda; aeronave era muito utilizada pelos militares nos Estados Unidos.


Coluna de fumaça em local onde avião cargueiro caiu na Georgia, nos EUA. (Foto: TWITTER/@CHEYENNEJANIECE/via REUTERS)

Morreram as nove pessoas que estavam a bordo do avião da Guarda Aérea Nacional de Porto Rico que caiu na quarta-feira (2) perto de Savannah, no Estado norte-americano da Geórgia, disseram autoridades nesta quinta-feira (3).

Coluna de fumaça em local onde avião cargueiro caiu na Georgia, nos EUA. (Foto: TWITTER/@CHEYENNEJANIECE/via REUTERS)


Autoridades disseram que se acredita que o avião, um Hercules WC-130, tinha cerca de 50 anos de uso, mas estava em boas condições mecânicas, e fazia o que deveria ter sido seu último voo. Autoridades também disseram que é cedo demais para especular sobre a causa da queda. O WC-130 é uma aeronave de transporte muito utilizada pelos militares dos Estados Unidos.


O governador de Porto Rico, Ricardo Rossello, divulgou uma nota sobre o acidente: "Enquanto aguardamos mais informações sobre o acidente, meus pensamentos estão com os familiares dos tripulantes".



Mientras estamos a la espera de mayor información con relación a este lamentable accidente, mis pensamientos y los de Beatriz están con las familias de los tripulantes. Recibirán nuestro apoyo y el de la Guardia Nacional de Puerto Rico en este proceso.

Local onde avião militar de Porto Rico caiu na Georgia, nos EUA. (Foto: TWITTER/@IAFF574/via REUTERS)


avião caiu por volta das 11h30 (horário local), pouco depois de decolar do Aeroporto Internacional de Savannah/Hilton Head, situado cerca de 280 quilômetros a sudeste da cidade de Atlanta, segundo autoridades.

Avião de carga cai nos EUA (Foto: Roberta Jaworski/G1)

Todos os nove tripulantes morreram, disse o brigadeiro-general Isabelo Rivera, assistente-geral da Guarda Aérea Nacional de Porto Rico, em um comunicado, acrescentando que seus nomes não serão divulgados até seus familiares terem sido notificados.


Rivera disse que a Guarda Nacional e a Força Aérea dos EUA iniciaram uma investigação e que é cedo demais para falar sobre o que pode ter provocado o acidente.


O avião, que realizava uma missão de treinamento, seguia para o Grupo de Regeneração e Manutenção Aeroespacial em Tucson, no Arizona, e seria praticamente aposentado depois do voo de quarta-feira, disse o major Paul Dahlen, porta-voz da Guarda Nacional de Porto Rico, no Pentágono.


Avião militar cai nos Estados Unidos Avião militar de carga cai nos Estados Unidos - ISTOÉ Independente